sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Fofocoterapia?!... como assim?

Primeiramente gostaria de alertá-los quanto a interpretações errôneas que o termo fofocoterapia pode suscitar, pois não se pode levar a interpretação ao pé da letra, ok. Mas acredito que no decorrer das minhas postagens vocês irão perceber que o espaço da fofocoterapia será, digamos assim, o coração do blog, o que faz ele crescer, o que impulsiona, o que o coloca em movimento. Serão relatadas aqui experiências, encontros, reflexões, devaneios, desabafos etc. Mas o blog terá outros espaços nos quais irei postar coisas que gosto, músicas, enfim.
Para que vocês entendam sobre o termo, vou dar alguns exemplos:
Existem diversos tipos de fofocoterapia - e não tem nada a ver com fofoca tá gente!... hmm quer dizer, tá, às vezes sim, por que não? Vamos pensar da seguinte maneira: fofoco-terapia ou fo-foco-terapia. Isso seria uma terapia com foco ou terapia embasada na fofoca?! Brincadeira a parte, deixarei claro que o que vocês verão por aqui está longe de ter algum tipo de embasamento teórico, tão pouco está ligado à psicologia. Falo isso porque sou psicóloga, mas aqui pretendo esquecer esse detalhe e peço que os futuros leitores não levem isso em consideração, pois sou péssima com tudo que envolve sentimentos (confesso! não queria contar, mas tá bom vai, penso que será melhor assim, pra evitar futuros mal entendidos...) então, este espaço servirá para eu esquecer a rotina (ou quebrar a rotina quando eu precisar de uma válvula de escape, me distraindo um pouco por aqui).
Pois bem, voltando ao significado do termo, estamos falando aqui do que qualquer pessoa, qualquer garota, mãe, tia, avó, fazem quando estão rodeadas de amigas! Isso é fofocoterapia! Mas a que eu mais gosto é da fofocoterapia clássica! Aquela em que você se reúne numa padaria com suas melhores amigas pra tomar um belo café da manhã num domingo ensolarado! E sabe qual é a pauta em dias assim? É não ter pauta! Falamos de tudo! Namoros, desilusões, amores, paixões, sexo, anseios, medos, mãe, bicho de estimação, trabalho, beleza, fantasias, traição, aventuras, passado, presente, futuro e sobre como é bom saltar de paraquedas! Todas falamos e todas ouvimos. É fato, voltamos pra casa com 100 quilos a menos (mesmo depois de ter comido horrores), com a auto-estima batendo no teto e com uma vontade de viver imensa. Essa, sem dúvida, é a melhor das fofocoterapias! E tem um detalhe: na fofocoterapia clássica não é permitido homens viu, mas só na clássica!
É isso, esse termo surgiu desses encontros que tenho o prazer de realizar com minhas queridas e adoráveis amigas, que mais pra frente farei questão de apresentá-las no blog. Encontros que rendem no mínimo choros de tanto rir e risos de tanto chorar. A gente tinha que dar um nome pra definir tudo isso, e o que encontramos foi esse!

SEJAM BEM VINDOS À FOFOCOTERAPIA!
Sintam-se acolhidos e livres para opinar, aconselhar, desabafar etc.



Foto: Charlotte, Samantha, Carrie e Miranda do seriado Sex and the City.
Exemplo clássico do que estamos falando aqui.
Sou verdadeira fã! 



Super Beijo!

6 comentários:

Alessandra disse...

Amiga que lindo!!! Adorei o nome do blog... precisamos marcar uma fofocoterapia qualquer dia desses...
Estou super feliz por vc ter criado um blog, cuidado que vicia, mas confesso que é um vício ótimo!!!!

Bjinhos

Rafael disse...

Adorei Tábata!
O nome do blog, o desing, o conceito de fofocoterapia... tudo ótimo!
Finalmente vou saber o que se passa numa fofocoterapia clássica rs

Beijos!

Larysse Tavares disse...

Tábata, que lindo tudo isso! Amei o seu 'conceito' de fofocoterapia. Estar com as amigas é bom demais. Volte sempre ao meu blog e sinta-se a vontade para conhecer outros blogs da minha listinha :)

Beijos!

P.S.: Adoro Sex & the City

Carlinha disse...

kkkk é verdade essa nossa fofoterapia é tudo de bom msm...
é uma fofoca + terapia. é um momento de relaxar e trocar experiências vividas...ah sem contar qd intrusos aparecem e alguém fica nervosa neh hehehe.
É isso aí!!
bjs amiga!

valdelice disse...

Simplesmente Show, adorei o blog.

Com certeza no próximo encontro não faltara elogios, aliás, teremos muitos risos!!! Até.

Claudia Schneider disse...

A gente pode fazer comentário em um post passado?? Bom estou fazendo então, HAHAHAHAHA (espero que tu vejas)
Adorei o teu blog e a ideia e o nome...hahahaha
Tenho um também que é um mix de tudo o que eu gosto =D
beijos